O que é fé?

O conceito de fé é bem vago, cientificamente, fé é algo que está entre certeza e duvida, porque fé não é certeza porque não se realizou ainda, e não é duvida porque se crê naquilo que é o objeto da fé. O melhor conceito cientifico de fé em todo o mundo está justamente na Bíblia, no livro de Hebreus 11:1
Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, Ou seja é a convicção do que não sabemos, nem podemos mostrar ou comprovar a sua existência.
e a prova das coisas que não se vêem.. . Ou seja, como a existência do objeto de fé não pode ser vista, a própria fé se coloca no lugar da prova. Sendo assim se tal coisa existe ou não, e não pode ser provar, a fé basta como prova, ao menos para quem crê.
Como se vê definir fé é um trabalho muito complicado, e não pretendemos faze-lo aqui, pretendemos apenas estudar algumas característica da fé, e para isto vamos dividir a fé em 04 (quatro) tipos diferentes. Somente para melhor estuda-la.

1º Tipo de Fé – A fé natural

Todo o ser humano tem este tipo de fé, desde o nascimento até a morte, se não a tivéssemos morreríamos, afinal o mundo é muito incerto, e para você sair de casa tem que ter fé, que vai voltar, ou ainda se você crê que vai morrer se sair de casa, então você nem coloca o pé na rua. Esta é a fé das apostas dos jogos de azar, loterias, fé que vai se dar bem em algum negocio, no amor, etc. Até o fé na existência de Deus é uma fé natural, ou ainda a fé do ateu na não existência de Deus e um tipo de fé natural. Enfim toda humanidade tem fé desde o maior religioso ao mais incrédulo do mundo.

2º Tipo de Fé – Fé para salvação.

Também todo o ser humano tem este tipo de fé, mas nem todos a colocam em prática. Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; João 1:12.
Todos nós estamos na vida com este tipo de fé guardada, mas em algum momento ela pode ser desperta, foi como aconteceu com Abraão. Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. Gênesis 12:1. Abraão pela fé resolveu mudar de vida, sair da sua terra e ir para uma outra a qual ele não conhecia. Está é a fé que faz a pessoa mudar a sua vida, mudar as suas idéias e seus conceitos. O Apostolo Paulo chega a considerar a tudo como refugo (esterco): Sim, na verdade, tenho também como perda todas as coisas pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como refugo, para que possa ganhar a Cristo. Filipenses 3:8.
Este tipo de fé é o que manterá o convertido, por toda a sua vida no caminho da fé e o manterá firme neste caminho.

3º Tipo de Fé – Fé sobrenatural

Este tipo de fé, é uma fé gerada pelo próprio Deus: a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar. I Corintios 12:9. Para melhor entender esse tipo de fé vamos ver o exemplo de Abraão:
Abraão se converte em um ambiente idolatra e politeísta, e passa a condição de, a principio, monolatria (só serve a um Deus, mas crê na existência de outros deuses). Então Deus lhe diz que fará dele uma grande nação. Segundo a sua fé misturada com as crenças antigas, os poderes dos deuses são limitados ou se resumem a certas áreas, deus do céu, deus da guerra, etc. Ele tinha 75 anos, não tinha filhos e sua mulher era estéril, o novo Deus era desconhecido. E agora, o que fazer? Claro dar uma ajudinha a Deus!!!
Depois de varias tentativas, aparece a idéia da esposa: Fazer o filho em outra mulher e adota-lo como seu. Típico de nós humanos, quando o impossível está a nossa frente, fazemos o possível, é claro! Mas, chega o grande dia, em que Abrão se encontra com Deus, e Deus ratifica a promessa dizendo que sua esposa terá um filho, agora ele com 99 anos. E qual é a atitude de Abraão: Ao que se prostrou Abraão com o rosto em terra, e riu-se, e disse no seu coração: A um homem de cem anos há de nascer um filho? Dará à luz Sara, que tem noventa anos? Depois disse Abraão a Deus: Oxalá que viva Ismael diante de ti! Gênesis 17:17-18. Ou seja, Abraão, "riu da cara de Deus" e ironicamente questiona a capacidade dEle, sugerindo Ismael, o filho que foi gerado dentro das possibilidades dele. Mas Deus não se irrita nem se abate, compreendendo a incredulidade razoável de Abraão e mais uma vez repete a promessa: E Deus lhe respondeu: Na verdade, Sara, tua mulher, te dará à luz um filho, e lhe chamarás Isaque; com ele estabelecerei o meu pacto como pacto perpétuo para a sua descendência depois dele. Gênesis 17:19. A palavra de Deus gera fé, pois a fé vem pelo ouvir a palavra de Deus. Romanos 10:17. Assim Abraão crê, e quando ele vê Isaque, nascido dele na velhice, ele não duvida de mais nada em Deus, mesmo no momento em que Deus pede a ele seu filho Isaque em sacrifício, ele não duvida de que Deus é suficiente poderoso para ressuscita-lo de dentre os mortos. Hebreus 11:19
Está é a fé gerada por Deus no coração humano, fé que faz o impossível, que cura, que faz o homem vencer os medos, fé que crê no incrível, vê o invisível e faz o impossível.

4º Tipo de fé – A fé morta

Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta. Tiago 2:26 – A fé que não produz nada, não gera ação e confiança é morta, não tem proveito.

A dificuldade maior de nossa vida talvez seja diferenciar os tipos de fé que estão agindo em nossas vidas, principalmente no caso da fé natural e sobrenatural, afinal, isto falando cientificamente e humanamente fé sobrenatural pode ser confundido com esquizofrenia, ou seja ouvir a voz de Deus ou a sua imaginação misturada com fé natural (esquizofrenia), quem pode julgar, só Deus, você esta sendo guiado por Deus ou por suas convicções, que critério podemos ter. Só os princípios da Bíblia. Vejamos até o caso de Joana D’Arc, que na Guerra dos Cem Anos, foi considerada santa num momento, depois bruxa queimada na fogueira e mais tarde canonizada, tendo como características dela achar que ouvia a voz de Deus e ser sua enviada.

Por isso fica um conselho tenha fé, mas antes de tudo tenha moderação e bom senso, coisas que Deus nunca condenou, basta ver que os grandes heróis da fé duvidaram, Abraão, Moises, Josué, etc e Deus nunca os condenou por isso, mas os fortaleceu na fé.

Por Rubens S. Aguiar
Editor@jacuipenoticias.com
Voltar a página inicial
Comentários:

vcs estao de parabens pelo esclarecimento

vitor donizete de souza souza

muito boa pesquisa.
Obrigado

Marcondes