Audiência publica com o DNIT em Conceição do Jacuípe sobre a duplicação da BR-101

Foi realizado nesta quinta-feira, 05 de outubro de 2017, uma audiência publica promovida pela prefeitura de Conceição do Jacuípe com o DNIT, referente a duplicação da BR-101, que esta preocupando os moradores do município.

A audiência serviu para confirmar o que os vereadores e a impressa já estava relatando: o projeto não contempla um viaduto e todas as decisões sobre esta duplicação foram tomadas fora do município.

A prefeita fez um discurso com mais de 30 minutos repetindo estes fatos, se predispondo a tomar uma atitude, sugerindo até um bloqueio das obras, sugerindo também que ela não teve conhecimento do fato sabendo disso só depois dos vereadores se manifestarem sobre o problema.

Notadamente a prefeita de Conceição do Jacuípe já esteve envolvida em um projeto na outra Br, a 324, com a construção de uma praça à margem desta BR, coisa que foi embargada pelo DNIT e a Via Bahia, gastando cerca de 14 mil neste projeto. (Click aqui, aqui e aqui) e reveja as matérias.

Também neste ano de 2017, uma das empresas responsáveis apresentou o projeto de duplicação em Alagoinha (click aqui), porém Conceição do Jacuípe foi ignorada, ou faltou interesse da gestão.

Na reunião esta previsto a vinda de um responsável do DNIT de ordem federal, porem este não apareceu, dizendo a prefeita que ele estará na cidade no dia 11 de outubro, dando entrevista em uma rádio não informada, porém os engenheiros do DNIT e da empresa responsável pela obra, tomaram a frente, inclusive indicando que a única solução é uma movimentação política e popular para fazer mover recursos na solução deste problema.

 

 

O Vereador Pedro Andrade, resaltou as falhas de gestão do projeto, resaltando que apoia ações que resolvam os problemas que possam serem gerados pela duplicação.

 

O Vereador Edinaldo também se dispões a apoiar qualquer ação de melhoria do projeto, resaltando que todos são a favor do povo, mesmo sendo oposição a prefeita atual.

 

A vereadora Juliene perguntou ao engenheiro sobre o prazo de conclusão da obra. 02 anos respondeu o engenheiro, mas este prazo pode ser dilatado a depender de aditivos.

 

O fato notável é que muitos não tinham conhecimento do projeto, sobre retornos, viadutos e passarelas, nem a prefeita que chegou a confundir uma entrada da BR-324 com a da BR-101, também o representante da Industria Mondial tirou suas duvidas sobre os retornos, ao qual a reunião resumidamente foi para esclarecer duvidas, esperando que o representante regional venha a levar mais esclarecimentos, quando este vim a cidade.

-Comente esta notícia dê sua opinião!
Nome:

E-mail:

Comentário:
- Oferecimento: ID Profile, a identidade virtual que você precisava! www.idprofile.org .
Nenhum comentrio foi postado via Jacuipe Notcias, seja o primeiro a comentar!

©2009 Jacuípe Notícias, todos os direitos reservados

Jacupe Noticias