Prefeitura de Conceição do Jacuípe pede retirada de recursos de obras para beneficiar administração

O pedido de suplementação é um recurso que a prefeitura tem para fazer modificações financeiras no orçamento, tirando valores de determinado local e colocando em outro, sendo que esta recolocação de valores tem de ser permitida pelos vereadores.

Assim a prefeitura de Conceição do Jacuípe, entrou nesta quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018, com um pedido de suplementação de 23,5%, somando-se aos 10% que os vereadores já autorizaram no inicio.

Este pedido da prefeitura esbarrou na falta de ação efetiva da própria prefeitura, que patenteou esse fato neste pedido, onde ela pede que sejam retirados recursos de obras para serem usadas em contratações e pagamentos diversos que só mantém a administração.

 

Em seu discurso a Vereadora Flávia questionou a falta de ação da prefeitura, que desde janeiro não fez, nem apresentou nada de realização, e vem pedir mais recursos, que, se aprovado, perfazem um total de 33% de modificação no orçamento.

O Vereador Moises fez uma listagem rápida das obras que a prefeitura pretende deixar de fazer para beneficiar o setor administrativo, com funcionários que recebem valores duvidosos e exagerados. São obras essenciais que a prefeitura quer abandonar como calcamentos, construção de PSF e etc.

 

Notadamente o Vereador Moises relatou de médicos com salários astronômicos, bem maiores do que a própria prefeita, coisa que ele já começou a investigar.

 

Já a Vereadora Juliene qualificou como uma tragédia, a gestão da Prefeita de Conceição do Jacuípe e, sua ideia sobre este pedido de suplementação, é que tem cunho eleitoral, para serem utilizados em pagamento e contratação de pessoal com fins políticos.

 

O Vereador Edinaldo falou sobre a audiência publica realizada no dia anterior, citando o processo de endividamento que a prefeitura esta envolvida, tudo por falta de planejamento da mesmo. A exemplo também de ações equivocadas, como a construção de um centro de aperfeiçoamento pedagógico, quando existem outras áreas mais carentes e urgentes na cidade.

 

O Vereador Pedro Andrade anunciou uma divida da prefeitura de 13 mil reais com a Pedreira Laje, em resposta a tentativa de esconder os credores que estão com pendência com a prefeitura. Também ele denunciou que estão escondendo o cardápio escolar nas escolas.

Sobre a suplementação, o Vereador Pedro comentou sobre a exclusão de obras para pagar diárias e funcionários com salários altos.

 

O Vereador Moises ainda falou sobre o transporte escolar no município, que esta no período de se fazer uma nova licitação.

- Comente esta notícia dê sua opinião!
 Nome   
 Assunto do contato   
 E-mail   
 Mensagem   
 Endreo   

 

http://www.linkws.com

 
Comentários:

 


©2009 Jacuípe Notícias, todos os direitos reservados

Jacupe Noticias